PROAM – Programa de Adoção Missionária

 

REFLETINDO SOBRE OS PRINCÍPIOS DE FINANÇAS PARA A IGREJA QUE É MISSIONÁRIA:

 

 A Igreja deve estar associada aos missionários. "Todavia, fizestes bem, associando-vos na minha tribulação. E sabeis também vós, ó filipenses, que no início do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja se associou comigo, no tocante a dar e receber, senão unicamente vós outros (Fil 4:14, 15).
A Igreja deve cuidar das necessidades dos missionários e supri-las. "Porque até para Tessalônica mandastes não somente uma vez, mas duas, o bastante para as minhas necessidades (Fil 4:16).
A Igreja deve entender o princípio financeiro de Deus: "E o meu Deus, segundo a Sua riqueza em glória, há de suprir, em Cristo Jesus, cada uma de vossas necessidades (Fil 4:19).
A Igreja deve saber que a oferta missionária agrada a Deus. "recebi tudo, e tenho abundância; estou suprido, desde que Epafrodito me passou às mãos o que me veio de vossa parte, como aroma suave, como sacrifício aceitável e aprazível a Deus (Fil 4:18).
A Igreja deve saber que a oferta missionária resulta em glória a Deus. "Ora, a nosso Deus e Pai seja a glória pelos séculos dos séculos. Amém (Fil 4:20).


PROAM – PROGRAMA DE ADOÇÃO MISSIONÁRIA DA CBMB


Partindo dessa visão bíblica e cristocêntrica apresentamos a você o PROAM, um Programa de Sustento Missionário criado para permitir uma participação mais direta e constante do povo de Deus na obra missionária, através do qual igrejas, empresas e os crentes em Jesus podem sustentar missionários em várias partes da Bahia, do Brasil e do mundo com suas orações e ofertas.

DESENVOLVIMENTO


Durante muito tempo a obra missionária na CBMB foi sustentada, basicamente, somente pelas ofertas que eram levantadas uma vez por mês, no Domingo Especial de Missões (ultimo domingo de cada mês) e pelo Plano Cooperativo (dízimo dos dízimos). Até então apenas as igrejas participavam diretamente do sustento dos obreiros e dos projetos. Esta era, praticamente, a única maneira como as igrejas participavam do trabalho de evangelização e implantação de novos trabalhos pela Convenção e CNME. As oportunidades de expandirmos a obra que, como batistas missionários, estamos realizando, demanda recursos além dos quais são arrecadados nas campanhas mensais. Muitos são os Missionários atuando incansavelmente na seara do Senhor, mas sem o devido sustento ficamos impossibilitados de sustentá-los de maneira justa e assim desenvolvermos um trabalho de excelência no que tange a abertura de novas frentes. O crescimento missionário exige uma ação mais efetiva e permanente quanto ao sustento missionário para que continuemos a avançar. Percebendo a necessidade de levar as igrejas a um compromisso ainda maior com a obra missionária, a CNME da CBMB criou um programa de adoção sistemático, onde as ofertas pudessem ser entregues mensalmente vindo diretamente de adotantes. Surgiu então o PROAM - Programa de Adoção Missionária. É um programa que permite a participação do adotante de maneira constante e efetiva na obra de evangelização. Este é um meio através do qual igrejas, grupos, lideranças, empresas e crentes (individualmente ou em grupos) podem sustentar missionários em várias partes do estado, território nacional e futuramente internacional.

O QUE ACONTECE QUANDO HÁ UMA ADOÇÃO?


Quando há uma nova adesão ao PROAM significa que outros campos poderão ser abertos e mais missionários serão enviados e sustentados de maneira digna. Desta forma o adotante atua de maneira direta na expansão da obra missionária. Além disso, quem sustenta sente-se participante do ministério do obreiro, recebendo dele cartas e informações do seu trabalho. O novo adotante ouve a necessidade dos missionários e se dispõe a abençoá-los com suas ofertas mensais. Essas ofertas serão distribuídas de maneira equilibrada para todos os missionários atuantes a fim de que todos possam ter o sustento justo, sem distinção. 


COMO PARTICIPAR?


Com ofertas mensais regulares. O adotante participa do sustento de um missionário ou um projeto. Isso na verdade é um bom inicio para incentivar aqueles que timidamente abraçam grandes idéias, e a experiência tem provado que Deus tem sido fiel aos que confiam Nele.

Grupos
Os grupos são formados na Igreja, como Classe de EBD, Senhoras, Mocidade, Músicos, Coral, Adolescentes, Senhores, Crianças, Idosos, Mensageiras do Rei, Embaixadores do Rei etc. Valor mínimo é de R$ 30,00 (Trinta reais). O grupo recebe um certificado de adoção com a foto do missionário adotado ou projeto.

Empresas
Valor mínimo de R$ 50,00(Cinqüenta reais) A empresa recebera um certificado de adoção com a foto do missionário adotado ou projeto.

Pessoa física
Valor mínimo de R$ 5,00 (cinco reais) a pessoa recebe o carnê do adotante, sua inclusão na rede de intercessão. Após a sexta contribuição em dias o adotante recebe uma linda camisa exclusiva para o adotante do PROAM. Recebe informações do missionário adotado ou do projeto.


QUEM SÃO OS ADOTADOS???


São homens e mulheres, vocacionados por Deus e treinados para a obra específica de levar a mensagem do evangelho a outras pessoas abrindo novas frentes missionárias, através dos vários meios e práticas de proclamação da mensagem divina, através do envolvimento pessoal na realização do Projeto Plantar Igrejas. Estes serão escolhidos pela liderança da regional juntamente com a promotoria de missões incluindo-os no rol de missionários adotados. 

REGIONALIZANDO O PROAM


Antigamente o Programa de Adoção Missionária estava funcionando a partir da CNME na sede da CBMB. O trabalho era desenvolvido de forma que as ofertas dos adotantes chegavam até a sede e assim eram distribuídas pelos vários missionários no campo. Hoje surge uma nova visão com o PROAM REGIONAL. O PROAM funcionará da mesma forma que na sede, só que de forma regionalizada ou seja, serão escolhidos por cada regional Promotores de Missões que farão o mesmo trabalho como na sede, só que agora em cada regional de forma individualizada. Se você foi enviado por uma regional e está atuando no campo procure o promotor de Missões de sua regional e se inscreva no proam.